Você já parou pra pensar qual o custo emocional e financeiro da desorganização na nossa vida?

O estresse causado apenas pelo conhecimento do problema toda vez que se perde tempo e energia procurando objetos é o mais alto custo da bagunça.

Já é sabido por todos o mal que o estresse causa à nossa saúde, que é nosso bem mais precioso. Além, é claro, da satisfação e a tranquilidade de sermos capazes de manter o controle sobre nossos pertences e ambientes.
Se pensarmos no fator econômico, é certo que a desordem nos leva a gastos desnecessários e ao desperdício. Quando nos organizamos, nosso orçamento se enquadra em compras conscientes e focadas, pois temos controle de tudo o que temos, com cada coisa em seu lugar, com fácil acesso, facilitando no dia-a-dia!
E não podemos esquecer do nosso outro bem precioso, O TEMPO. Se calcularmos os minutos que perdemos diariamente por causa da desorganização e multiplicarmos pelo valor da nossa hora de trabalho, você terá motivos convincentes para mudar de hábitos.

O custo da bagunça é alto e palpável, e é possivel ver que a desorganização nos prejudica bem mais do que imaginamos.

Então te peço para refletir de forma bem simples: Tire um tempo e observe se você é uma vitima da bagunça.

Se a resposta for positiva, repense suas prioridades, considere se tornar uma pessoa mais organizada com pequenas mudanças de hábito.

Se precisar de ajuda, me manda uma mensagem que farei o possível para te auxiliar.

Te garanto que vale o esforço!

Organizar TRANSFORMA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Olá! Muito obrigado por entrar em contato! Em breve responderemos sua mensagem.